29 de mar de 2013

As Coisas do Coração.



Passando por alguns “invernos da vida”, pensa o homem em fechar por completo o seu coração. Não sabe ele que estes “invernos” são em suma, momentos de aprendizados, para um religare ainda maior com seus sentimentos. Não imagina este homem que novos afloramentos irão ocorrer em sua vida, e que os aprendizados que passou no pretérito o tronarão mais seguro e independente em seus sentimentos, ressurgindo estes ainda maiores e mais amplos em uma nova etapa que surge. 

Escrevo estas parcas palavras escutando o grande Ludwig Van Beethoven, em seu Concerto para Violino e Orquestra, op. 61. Três movimentos onde podemos fazer uma comparação com nosso caminhar na Terra.
A vida é como este Concerto, ora passa por movimentos lentos e reflexivos, como um andante, larghetto ou até mesmo uma adagio, para em seguida explodir num allegro, num presto, ou quem sabe até mesmo num prestíssimo

São os invernos e os verões, ou os larghettos e allegros, que nos aparecem sem percebermos. Porque a vida é isso, aprendizado intelectual, mas também sentimental.

Jivago Dias Amboni.

Nenhum comentário:

Postar um comentário